Classificado no Carioca, Adilson crê que o Vasco resgatou o respeito dos rivais

Treinador cruzmaltino revela elogios que recebeu de outros técnicos adversários e acha que o campeonato está em aberto

Por O Dia

Rio - O técnico Adilson Batista não lamentou o empate de 2 a 2 no clássico com o Fluminense, neste domingo. Caso vencesse o jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Carioca, o Vasco, conquistaria a vantagem nos dois jogos da semifinal do torneio, novamente contra o Tricolor, pois passaria a equipe comandada por Renato Gaúcho, e chegaria à segunda posição. O treinador do Gigante da Colina acredita que o fato da equipe ter se classificado resgata o prestígio do clube e o respeito com os adversários. 

Já classificado no Carioca, Adilson acha que Vasco recuperou o respeito dos adversáriosFernando Souza / Agência O Dia

"Acho que ganhamos respeito, credibilidade. Após o jogo o Renato me elogiou e, nos outros jogos, os técnicos também elogiaram. Está em aberto, e, agora, temos mais um compromisso (contra o Duque de Caxias). Depois, em jogos mais acirrados e decisivos, a gente espera um resultado melhor", revelou Adilson.

Na última rodada do Carioca, o Vasco recebe o Duque de Caxias, em São Januário. A vitória é importante para as pretensões do clube no torneio. Se perder em casa, e a Cabofriense (quarta colocada) bater o Flamengo, no Maracanã, vai ser ultrapassada pela equipe da Região dos Lagos e terá que enfrentar o líder Flamengo nas semifinais. Caso ganhe, o time cruzmaltino pode até ultrapassar o Fluminense, que enfrenta o Volta Redonda, no Moacyrzão, e conquistar até mesmo a vantagem do empate nos dois duelos da próxima fase.