Vasco só empata com a Portuguesa pela Série B em jogo com polêmica

Cruzmaltino não consegue os três pontos em Volta Redonda. Árbitro anula gol da Lusa no final da partida

Por O Dia

Rio - Precisando vencer para subir na tabela de classificação na Série B, Vasco e Portuguesa se enfrentaram na tarde deste sábado, em Volta Rendoda. Os cariocas empataram com a Lusa em 1 a 1. Em jogo equilibrado, as duas equipes não conseguiram somar os três pontos que desejavam.

Com o empate, o Cruzmaltino chegou aos 11 pontos na competição, ocupando a 11ª colocação. A Lusa estacionou nos seis pontos e está na zona de rebaixamento para a Série C.

Na próxima rodada, o Vasco encara o Boa Esporte, na terça-feira, às 21h50, no Estádio Municipal de Varginha, em Minas Gerais. No mesmo dia, porém mais cedo, às 19h30, a Lusa recebe o América-MG, no Canindé.

Zagueiro Rodrigo comemora com os companheiros de equipe o gol que marcou contra a LusaDivulgação

O JOGO

o Vasco começou a partida errando muitos passes no ataque. A dupla Edmilson e Guilherme Biteco eram os principais recursos do Cruzmaltino na hora de buscar o gol. Com muitas faltas, o ritmo do jogo parava a todo momento. Antes dos dez minutos de partida, o lateral Marlon empurrou o volante Rudnei que tentava puxar o contra-ataque para a Portuguesa, e levou o primeiro amarelo do jogo.

Biteco foi o primeiro a assustar o goleiro Tom, da Lusa. O atacante arriscou de canhota, de fora da área, obrigando o goleiro a espalmar. No rebote, Edmílson bateu fraco nas mãos do camisa 1. Mas aos 13 minutos, a rede balançou. Biteco cobrou escanteio na cabeça de Edmilson. O atacante mandou a bola na trave, o zagueiro Rodrigo pegou o rebote e mandou para o fundo das redes: 1 a 0 Vasco.

Três minutos depois, Edmílson levou um cartão amarelo por aplicar um carrinho no adversário. O Vasco poderia ter ampliado aos 19 minutos. Biteco cruzou, mas a bola entrou direto no gol. O árbitro do anulou o lance alegando impedimento do ataque Cruzmaltino.

Com o controle de bola, o Vasco dominava as ações. A Portuguesa esperava o momento certo para o contra-ataque. O gol de empate do time paulista veio aos 29 minutos, com Gabriel Xavier. O meia recebeu um lançamento em velocidade, penetrou na área e bateu firme para vencer o goleiro Diogo.

Biteco quase colocou o Vasco em vantagem mais uma vez. No fim do primeiro tempo, Diego Renan cruzou da direita, Edmilson não alcançou a bola que termina nos pés de Biteco que tenta, mas não consegue superar a defesa da Lusa.

Na volta para o segundo tempo, Adilson Batista colocou Rafael Silva no lugar de Montoya para ter mais um jogador no ataque. A primeira chance de gol foi aos 15 minutos, com a Lusa. O goleiro cruzmaltino Diogo Silva dividiu no alto bola cruzada na área e Caion quase emenda para o gol vazio. A resposta do Vasco foi rápida. O atacante Rafael Silva viu espaço e arriscou chute forte, obrigando o goleiro Tom a espalmar para escanteio. No lance seguinte, os atletas pediram pênalti em Pedro Ken, que foi segurado na área, mas o árbitro não marocu nada.

Melhor na segunda etapa, a Portuguesa voltou a levar perigo à meta vascaína aos 27 minutos. Luan errou o tempo para cabecear a bola, Caion aproveitou a bobeada do zagueiro e ficou de frente para Diogo Silva. O atacante chutou, mas o arqueiro conseguiu defender com a perna esquerda.

Aos 41 minutos, mais um lance polêmico na partida. Após desvio, o atacante Allan Dias dominou a bola e chuta para o fundo do gol. O juiz anulou a jogada, marcando toque de mão do jogador da Portuguesa. Os jogadores paulistas reclamaram muito do lance. 

Após o apito final, a torcida do Vasco vaiou os jogadores do time, frustrados com o quarto empate seguido da equipe na Série B. A próxima rodada, contra o Boa Esporte, é a última antes da paralisação para a Copa do Mundo. 

FICHA TÉCNICA

VASCO1  X 1 PORTUGUESA

Estádio Raulino de Oliveira
Árbitro: Andre Luiz Castro (GO)
Público Presente: 2.835 torcedores
Renda: R$ 28.680,00
Cartões Amarelos: Marlon (1ºT 8'), Edmilson (1ºT 16')
Cartões Vermelhos: Diego Renan, Marlon, Guilherme Biteco e Edmilson (Vasco) e Rudnei, Seginho e Caion (Portuguesa)
Gols: Rodrigo (1º T 13'), Gabriel Xavier (1ºT 29')

Vasco: Diogo Silva; Diego Renan, Luan, Rodrigo e Marlon; Pedro Ken, Fabrício e Douglas; Montoya, Guilherme Biteco e Edmilson.

Portuguesa: Tom; Arnaldo, Wagner, Gustavo e Luciano Castan; Renan, Coutinho, Rudnei e Gabriel Xavier; Allan Dias e Serginho.