Doriva revela motivo da permanência no Vasco: 'Para seguir com o meu trabalho'

Comandante recusou proposta para dirigir o Grêmio

Por O Dia

Rio - A proposta do Grêmio causou reboliço em São Januário nesta sexta-feira. Tanto que Doriva e Eurico Miranda apareceram no começo da noite para uma coletiva para abordar principalmente o assunto. O comandante ainda falou sobre o duelo de sábado contra o Internacional, rival do Tricolor dos Pampas, mas o tema principal foi mesmo a manutenção do treinador.

Ao começar a entrevista, o comandante afirmou que ficou feliz com o convite do clube gaúcho, mas optou pela permanência na Colina. Segundo Doriva, o motivo de sua manutenção é o trabalho planejado desde o começo da temporada que já resultou em um título do Carioca.

Doriva vai permanecer no comando do clube de São JanuárioAndré Luiz Mello

"Recebi um convite do Grêmio, mas logicamente quando se trata de uma situação que te oferece tem que pensar. Logicamente pensei e a minha decisão foi de continuar no Vasco. Estou feliz e com contrato. Vou continuar fazer o meu trabalho como tenho feito", afirmou o treinador, que descartou qualquer influência financeira na sua decisão.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

"Não pensei em dinheiro. Sou um treinador jovem, em projeção, que busca uma consolidação. Quero fazer um trabalho consistente no Vasco. Sem hipocrisia, buscamos uma melhora, mas sei que ela vai vir no tempo certo. Por isso decidi continuar. Estou feliz e acredito no trabalho que tenho feito. Sabemos que entramos em um campeonato muito mais difícil", disse.

Essa não foi a primeira vez que Doriva recebeu um convite estando empregado. Segunda opção do Vasco no começo da temporada, o treinador tinha acabado de assinar com o Botafogo-SP, quando a proposta do Gigante chegou. Segundo o comandante, as situações são bem diferentes e por isso a escolha também acabou sendo.

"Momentos distintos. No Botafogo eu já tinha assinado, mas não tinha começado o trabalho ainda. Não tinha sido apresentado aos atletas e recebi o convite do Vasco. Ponderei a projeção que ganharia indo para o Vasco. Por isso optei por ter trocado, arcando com a multa, o que me fez sair de cabeça erguida", explicou.

Sobre a disputa do Brasileirão, o treinador já focou no duelo de sábado contra o Internacional. O Colorado não vai utilizar a sua equipe de titulares, devido ao confronto de meio de semana contra o Independente de Santa Fé pela Libertadores. Apesar disso, Doriva pregou muito respeito à equipe de Porto Alegre.

"Inter vem com um suposto time B, mesmo assim será bem complicado. Qualquer jogador teria espaço em qualquer outra equipe do Brasil. Vamos jogar em casa, mas estamos ambiciosos e vamos fazer de tudo para vencer", concluiu.