Nenê confessa ter 'estudado' Paulo Victor e festeja boa fase no Vasco

Autor do gol da vitória por 2 a 1 do Cruzmaltino sobre o Flamengo, atacante conta que contou com uma ajudinha

Por O Dia

Rio - Ainda embalado com a vitória de virada do Vasco por 2 a 1 sobre o Flamengo, Nenê, autor do gol de pênalti, afirmou ter estudado as características do goleiro rubro-negro Paulo Victor. De acordo com o atacante, a ajuda do auxiliar da comissão técnica Maurício Ferreira também foi essencial para a cobrança perfeita da penalidade. 

"Às vezes (estuda os goleiros). A maneira que bato é diferente, tento esperar o máximo o goleiro cair de um lado para dar a bola no outro. Às vezes acaba passando (a oportunidade), não que eu não queira estudar. (Contra Paulo Victor) Só ouvi o Maurício falar, e uma outra pessoa também me falou, o canto forte dele geralmente. Então já me deu uma dica grande, e acabou sendo o canto que ele caiu", afirmou o jogador. 

Nenê destaca crescente do Vasco e já pensa nas próximas 'decisões'Divulgação

Nê também aproveitou para explicar como é feito a escolha do cobrador no elenco cruzmaltino: "A gente conversa desde a preleção: fala "você vai bater falta, você corner (escanteio), quem vai na barreira"... No pênalti é a mesma coisa. Primeira eu bato, se não tiver tem o Rodrigo, o Andrezinho... Geralmente sou eu".

Com a camisa 10 do Vasco, o atacante já marcou quatro gols, e todos no Maracanã. Apesar do feito, Nenê conta que vem se surpreendendo com a boa fase que vem conquistando em São Januário.

"No começo dizia que não fazia gols, e sim dar passes, mas está acontecendo (risos). Estou feliz. Espero que torcedor tenha confiança em mim sempre", finalizou o atleta.