Vasco derrota o Boavista e segue com 100% de aproveitamento na Taça GB

Gigante conseguiu a sua segunda vitória nesta fase do Carioca

Por O Dia

Espirito Santo - Atual campeão, o Vasco segue com o seu grande aproveitamente contra equipes menores. Depois de só perder ponto para o Friburguense no primeiro turno, o clube agora tem duas vitórias em dois jogos na Taça Guanabara, segunda fase do Carioca. Neste sábado, em seu primeiro jogo fora do Rio em todos os tempos de Estadual, o Gigante derrotou o Boavista por 1 a 0, gol de Marcelo Mattos.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o Botafogo, no próximo dia 27, um domingo, às 16 horas, em São Januário. O Boavista joga no mesmo dia contra o Fluminense, em Los Larios, às 18h30.

Marcelo Mattos decidiu para o VascoCarlos Gregório Jr-Vasco.com.br.

O JOGO

O Vasco começou com uma pressão para cima do Boavista. Com apenas dois minutos de jogo, Luan cabeceou para fora, após cruzamento de Nenê. Depois da chance inicial, o Gigante continuou com a bola mas errava bastante na hora do último passe não conseguindo assim criar outras oportunidades.

LEIA MAIS: Vasco derrota o Boavista pelo Carioca

O Boavista teve a sua primeira oportunidade aos 21 minutos. Matheus passou por dois rivais e soltou a bomba para boa defesa de Martín Silva. Logo depois o Vasco conseguiu o seu gol. Nenê bateu escanteio, Julio dos Santos desviou e Marcelo Mattos apareceu para concluir para o fundo das redes.

Luan foi homenageado no retorno ao Espírito SantoCarlos Gregório Jr/ Vasco.com.br

Com a vantagem no placar, o Vasco diminuiu um pouco o ritmo e administrou o resultado até o intervalo. A equipe da Região dos Lagos não conseguiu criar nenhuma outra oportunidade no primeiro tempo.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

O segundo tempo começou mais equilibrado. O Vasco criou a sua primeira chance com Rodrigo, mas o goleiro Vinícius fez boa defesa. O Boavista respondeu com boa jogada de Julio Cesar em que Luan ao fazer o corte, quase colocou contra o patrimônio.

Aos 31 minutos, o Vasco quase fez o segundo. Thalles recebeu em boa condição e soltou a bomba, Vinicius fez bela defesa, salvando o clube de Saquarema. Perto do fim, o Vasco chegou a criar uma bela jogada com o jovem, Caio Monteiro, mas Nenê não chegou a tempo de concluir a jogada.

O Vasco continuou no ataque nos últimos minutos, controlando a partida e o resultado que era favorável.

FICHA TÉCNICA
BOAVISTA 0 X 1 VASCO

Local: Kleber Andrade, em Cariacica (ES)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos
Assistentes: Jakcson Lourenço Massarra dos Santos e Diego Luiz Couto Barcelos
Renda e Público: R$ 860.000,00 / 16.500 pagantes
Cartões amarelos: Romarinho, Luiz Alberto, Victor, Reinaldo e Matheus Paraná (BOA); Julio dos Santos e Nenê (VAS)

Gols: Marcelo Mattos (24’/1ºT)

BOAVISTA: Vinícius, Thiaguinho, Victor, Luiz Alberto e Davi (Sabão - 26'/2ºT); Douglas Pedroso, Thiago Silva (Reinaldo - Intervalo), Julio Cesar e Romarinho; Matheus Paraná e Paulo Henrique (Luan - 21'/2ºT) - Técnico: Rodrigo Beckham

VASCO: Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Diguinho - 26'/2ºT), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique - (Caio Monteiro - 26'/2ºT) e Thalles - Técnico: Jorginho


Vasco derrota o Boavista e segue com 100% de aproveitamento na Taça GB O Dia - Vasco

Vasco derrota o Boavista e segue com 100% de aproveitamento na Taça GB

Gigante conseguiu a sua segunda vitória nesta fase do Carioca

Por O Dia

Espirito Santo - Atual campeão, o Vasco segue com o seu grande aproveitamente contra equipes menores. Depois de só perder ponto para o Friburguense no primeiro turno, o clube agora tem duas vitórias em dois jogos na Taça Guanabara, segunda fase do Carioca. Neste sábado, em seu primeiro jogo fora do Rio em todos os tempos de Estadual, o Gigante derrotou o Boavista por 1 a 0, gol de Marcelo Mattos.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o Botafogo, no próximo dia 27, um domingo, às 16 horas, em São Januário. O Boavista joga no mesmo dia contra o Fluminense, em Los Larios, às 18h30.

Marcelo Mattos decidiu para o VascoCarlos Gregório Jr-Vasco.com.br.

O JOGO

O Vasco começou com uma pressão para cima do Boavista. Com apenas dois minutos de jogo, Luan cabeceou para fora, após cruzamento de Nenê. Depois da chance inicial, o Gigante continuou com a bola mas errava bastante na hora do último passe não conseguindo assim criar outras oportunidades.

LEIA MAIS: Vasco derrota o Boavista pelo Carioca

O Boavista teve a sua primeira oportunidade aos 21 minutos. Matheus passou por dois rivais e soltou a bomba para boa defesa de Martín Silva. Logo depois o Vasco conseguiu o seu gol. Nenê bateu escanteio, Julio dos Santos desviou e Marcelo Mattos apareceu para concluir para o fundo das redes.

Luan foi homenageado no retorno ao Espírito SantoCarlos Gregório Jr/ Vasco.com.br

Com a vantagem no placar, o Vasco diminuiu um pouco o ritmo e administrou o resultado até o intervalo. A equipe da Região dos Lagos não conseguiu criar nenhuma outra oportunidade no primeiro tempo.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

O segundo tempo começou mais equilibrado. O Vasco criou a sua primeira chance com Rodrigo, mas o goleiro Vinícius fez boa defesa. O Boavista respondeu com boa jogada de Julio Cesar em que Luan ao fazer o corte, quase colocou contra o patrimônio.

Aos 31 minutos, o Vasco quase fez o segundo. Thalles recebeu em boa condição e soltou a bomba, Vinicius fez bela defesa, salvando o clube de Saquarema. Perto do fim, o Vasco chegou a criar uma bela jogada com o jovem, Caio Monteiro, mas Nenê não chegou a tempo de concluir a jogada.

O Vasco continuou no ataque nos últimos minutos, controlando a partida e o resultado que era favorável.

FICHA TÉCNICA
BOAVISTA 0 X 1 VASCO

Local: Kleber Andrade, em Cariacica (ES)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos
Assistentes: Jakcson Lourenço Massarra dos Santos e Diego Luiz Couto Barcelos
Renda e Público: R$ 860.000,00 / 16.500 pagantes
Cartões amarelos: Romarinho, Luiz Alberto, Victor, Reinaldo e Matheus Paraná (BOA); Julio dos Santos e Nenê (VAS)

Gols: Marcelo Mattos (24’/1ºT)

BOAVISTA: Vinícius, Thiaguinho, Victor, Luiz Alberto e Davi (Sabão - 26'/2ºT); Douglas Pedroso, Thiago Silva (Reinaldo - Intervalo), Julio Cesar e Romarinho; Matheus Paraná e Paulo Henrique (Luan - 21'/2ºT) - Técnico: Rodrigo Beckham

VASCO: Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Diguinho - 26'/2ºT), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique - (Caio Monteiro - 26'/2ºT) e Thalles - Técnico: Jorginho