Avião da Emirates pega fogo e faz pouso forçado em Dubai

Boeing 777-300 levava 275 passageiros e tripulantes a bordo. Ainda não há informações sobre feridos e causas do acidente

Por O Dia

Abu Dhabi - Um boeing da companhia aérea Emirates precisou fazer um pouso forçado em Dubai, depois de, provavelmente, ter pego fogo no ar. De acordo com as primeiras informações, a aeronave, um boeing 777-300 precisou descer no aeroporto pouco depois das 13h, hora local, com 275 passageiros e tripulantes a bordo. Ainda não há informações sobre pessoas feridas.

Boeing 777-300 levava 275 passageiros e tripulantes a bordoReprodução/Twitter

O voo saiu do Aeroporto Internacional de Trivandrum, na Índia, e teria aproximadamente três horas de duração até Dubai. Pouco antes de pousar, o piloto enviou um sinal de emergência. A empresa aérea ainda não sabe o que causou o acidente. Imagens publicadas por passageiros nas redes sociais mostra o fogo saindo do avião.

Em nota, a Emirates confirmou o acidente, mas não deu detalhes sobre os passageiros. "A Emirates pode confirmar que, hoje, 03 de agosto de 2016, o voo EK521 que viajava do Aeroporto Internacional de Trivandru, na Índia, para Dubai foi envolvido em um acidente no Aeroporto Internacional de Dubai. Havia 275 passageiros e tripulantes a bordo. A aeronave Boeing 777 partiu às 10:19 do Aeroporto Internacional de Trivandrum e estava programado para pousar às 12:50 no Aeroporto Internacional de Dubai", diz a nota.

Pelo Twitter, a Emirates informou que o voo levava 282 passageiros e 18 tripulantes. "Podemos confirmar que não existem fatalidades entre nossos passageiros e tripulantes. Todos estão bem", informou também a empresa, acrescentando que os voos sofrerão atrasos de 4 horas.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência