Acusado de estupro diz que mulher chorava por causa do tamanho do seu membro

Corretor londrino fez questão de falar e fazer gestos para demonstrar o tamanho do seu pênis durante audiência

Por O Dia

Londres - Um corretor do mercado financeiro acusado de ter estuprado uma mulher 'se defendeu' afirmando que a vítima só o denunciou por causa do tamanho do seu pênis. Daniel Green, de 26 anos, também afirmou que seu membro "a fez chorar" durante a relação.

Daniel Green afirmou que a relação foi consensualReprodução Internet

De acordo com o NyDaily News, Daniel e a mulher, de 20 anos, se envolveram após uma noite regada a bebidas e consumo de drogas em Londres, na Inglaterra. O corretor e um grupo de amigos teriam ido com a mulher e uma amiga para o escritório onde trabalhavam, onde a relação teria acontecido.

Daniel contou a reportagem que, por conta do tamanho do seu órgão sexual, sempre teve difuculdades durante o sexo. Em sua audiência na Justiça de Londres, ele fez questão de mostrar com as mãos a dimensão do seu pênis e afirmou que a relação foi consensual.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência