Morre aos 97 anos, Leah Adler, mãe de Steven Spielberg

Ela era proprietária do célebre restaurante 'The Milky Way' e sempre estava ao lado do filho famoso

Por O Dia

Los Angeles (EUA) - Leah Adler, mãe do cineasta Steven Spielberg e conhecida em Los Angeles, na Califórnia, por ser proprietária do célebre restaurante "The Milky Way", morreu nesta terça-feira, aos 97 anos, segundo informou a produtora Amblin Entertainment através de um comunicado . Pianista e pintora em sua juventude, Leah morreu em sua residência, ao lado de seus filhos.

"Embora fosse famosa por seu batom vermelho, seus colares de Peter Pan, seu amor pelas margaridas, calças jeans e joias reluzentes; por seu amor por acampar, pescar, fazer palavras cruzadas e a seus bailes de mesa em mesa no Milky Way... Leah será ainda mais lembrada por seu profundo e ilimitado amor por aqueles ao seu redor", diz o comunicado da Amblin Entertainment, produtora fundada por Spielberg.

Leah Adler%2C mãe do cineasta Steven Spielberg Divulgação

O diretor fez alusão a sua mãe durante seu discurso ao receber o Oscar de melhor diretor por "A Lista de Schindler", onde a chamou de seu "amuleto da sorte".

Leah, conhecida como "Lee Lee" entre parentes próximos, se casou com o engenheiro elétrico Arnold Meyer Spielberg e juntos tiveram quatro filhos: Steven, Anne, Sue e Nancy.

Em 1964, a família se mudou para Los Gatos, na Califórnia, onde ficaram alguns anos. Após seu divórcio com Arnold, se casou com Bernie Adler, em 1967, e posteriormente se deslocaram Los Angeles, onde inauguraram o célebre "The Milky Way", no Pico Boulevard, conhecido por oferecer pratos de comida judia.

Era muito habitual ver à mãe de Spielberg recebendo e cumprimentando aos clientes do estabelecimento, a que dedicava conselhos e receitas para a felicidade ("a culpa é uma emoção desperdiçadas", "seja bom contigo mesmo"), entre outras.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência