Conheça as vantagens de ter um aquário de água salgada em casa

Beleza fica por conta dos corais vivos que se movimentam

Por O Dia

Um aquário marinho de 130 litros custa em torno de R%24 5 milReprodução Internet

Niterói - Que o Rio vai ganhar um aquário marinho, o maior da América do Sul, com previsão para abrir em maio, na zona portuária, não é nenhuma novidade. Mas, o que muitos não sabem é que é possível ter um aquário de água salgada em casa também.

Não nas dimensões do AquaRio, com 4,2 milhões de litros de água e oito mil animais de 350 tipos diferentes. Claro que não! O seu cabe no espaço que você tiver em casa, no consultório, na clínica, no salão...

Josinaldo Costa da Cruz, dono da Opção Animal, no Niterói Shopping, é quem dá as dicas de como montar o seu. Há 10 anos cuidando desses pequenos seres coloridos, ele sabe tudo sobre peixes e conta que a procura pelo aquário marinho tem crescido muito, tanto que já montou vários e que as encomendas não param.Embora muitas delas sejam feitas por pessoas que gostam de peixes, há outras tantas para decoração.

Mas ele alerta para um detalhe: o aquário marinho pode custar até três vezes mais que um de água doce e também dá muito mais trabalho para cuidar. Mas, como nem tudo é só ruim... ele faz questão de dizer que, apesar disso tudo, é muito mais bonito. E é mesmo! E a beleza fica por conta dos corais que dão cor e contorno às águas. Seres vivos, isso mesmo, os corais não são apenas enfeites, eles também se movimentam, e os peixes adoram. Nadam e se escondem entre eles. Uma graça! 

Um aquário marinho de 130 litros, por exemplo, pode custar em torno de R$ 5 mil e o doce, do mesmo tamanho, sai a R$ 2 mil. O que encarece o de água salgada é que ele precisa de equipamentos e produtos especiais para o tratamento da água e algumas espécies de peixes são mais caras, além dos corais, que também não são baratos.

Outra peculiaridade é que nesse caso, o peixe só pode ser colocado na água 30 dias depois dela tratada. É o tempo para ajustar o PH e a temperatura do ambiente. E cuidado: esse período deve ser respeitado, caso contrário, o peixe pode morrer.

Apesar desse trabalho, criar peixes é mais fácil e cômodo que animais como cão e gato, já que podem ficar mais tempo sozinhos. Há no mercado um equipamento chamado alimentador automático. É só programa-lo que ele os alimenta mesmo que você fique muitos dias fora de casa. Se quiser viajar, pode ir nessa!

Últimas de _legado_Niterói