Operação combate fraudes no programa Minha Casa, Minha Vida

Suposto esquema de instituições financeiras estaria desviando recursos para construção de casas populares

Por O Dia

A Polícia Federal (PF), com apoio da Controladoria Geral da União (CGU), realiza nesta quarta-feira uma operação para investigar fraudes relacionadas à execução do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. Oito mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de São Paulo, Brasília e Fortaleza.

Segundo a PF, um suposto esquema envolvendo instituições financeiras, correspondentes bancários e empresas de fachada estaria desviando recursos destinados à construção de casas populares em municípios com menos de 50 mil habitantes.

A investigação indica que há indícios de que ex-servidores do Ministério das Cidades atuariam junto ao programa prestando serviços inexistentes e, em alguns casos, recebendo valores a partir da cobrança de empresas contratadas para a construção de unidades habitacionais que, segundo informações, jamais foram construídas.

As empresas investigadas atuavam na concessão e fiscalização da implementação das obras, na indicação das construtoras, medição das obras, liberação dos recursos, e construção das casas. São investigados crimes contra o sistema financeiro, estelionato, tráfico de influência e lavagem de dinheiro, cujas penas podem atingir 32 anos de prisão.

Últimas de _legado_Brasil