Adolescente apaixonada detalhou crime em caderno antes de matar sua amada

Bianca Mantelle Pazinatto, 18 anos, foi assassinada por recusar um pedido de namoro de uma das meninas

Por O Dia

Goiás - A Polícia Civil encontrou nesta terça-feira um caderno com anotações sobre o assassinato da jovem universitária Bianca Mantelle Pazinatto, de 18 anos, em Jataí, em Goiás. Duas amigas da estudante, 16 e 17 anos, foram apreendidas. As duas confessaram o crime. Bianca foi assassinada a facadas por não querer namorar com uma das meninas.

Anotações feitas pelas adolescentes antes do crime arquivo pessoal


No caderno, havia uma lista com objetos que seriam usados para matar a jovem, como faca, esqueiro e luvas, além de uma descrição do que seria feito com o corpo e os objetos pessoais da menina. “Pega tudo e põe no saco. Ir para Estrela Dalva e queimar. Carregamos a infeliz até o local e queimamos”.

"Ela não ia ficar comigo. Não queria que ela ficasse com ninguém também", confessou a menina mais velha para a polícia. Antes de matar Bianca, a garota escreveu uma carta para ela declarando o amor.

"Te amo muito, não por escolha, meu coração te escolheu sozinho, não me deu chance de defesa". A adolescente ainda alerta Bianca para que algo ruim não aconteça. "Perdi tudo para você e isso está partindo meu coração. Lembre-se de tomar cuidado, pois muitas coisas bonitas tornam-se ruins lá fora", diz a carta.

As duas adolescentes estão apreendidas no complexo de delegacia da policia civil de Jataí, e devem ser transferidas para um centro de apreensão de menores infratores na capital do estado. A pena máxima para menores que praticaram o crime pode ser de três anos de reclusão.

Últimas de _legado_Brasil