Sarney deve ser transferido para São Paulo nesta quarta

Boletim informa que os sinais vitais do político estão estáveis

Por O Dia

Contrariando as expectativas de assessores%2C senador deve permanecer internadoDivulgação

Brasília - O senador José Sarney (PMDB-AP), 83 anos, pode receber alta hospitalar amanhã (31). Ele continua internado no Hospital UDI, em São Luís, onde trata uma infecção pulmonar aguda. De acordo com o último boletim médico divulgado há pouco, Sarney que está há dois dias na unidade, apresentou melhora clínica e tem quadro “estável, respirando espontaneamente, sem necessidade de aparelhos”.

A equipe médica – liderada pelo cardiologista Carlos Gama, profissional de confiança do parlamentar e um dos diretores do hospital – ainda destacou no boletim que todos os sinais vitais também estão estáveis.

De acordo com assessores, o parlamentar está acompanhado, durante todo o tempo, pela esposa, Marly Sarney. Os três filhos – Roseana, Fernando e José Sarney Filho – também vão ao hospital nos horários de visita. Sarney conversa normalmente e não será transferido para São Paulo hoje (30). Segundo um dos assessores, por decisão da família, o parlamentar só irá para a capital paulista para se submeter a um check up quando estiver completamente recuperado.

O parlamentar foi internado na madrugada de domingo, depois de passar mal no casamento de uma das netas, sentindo calafrios e febre. Os primeiros exames não acusaram problemas mais graves. O quadro de infecção respiratória aguda só foi confirmado ontem (29) após a repetição de alguns procedimentos clínicos, laboratoriais e radiológicos.

O político foi governador do Maranhão em 1965, aos 35 anos. Quase 20 anos depois, Sarney assumiu a Presidência da República (em 1984), após a morte de Tancredo Neves, de quem Sarney era vice-presidente. Desde 1955, quando iniciou a carreira, o parlamentar foi eleito deputado federal e senador por diversas vezes.

Últimas de _legado_Brasil