Deputado federal critica Aécio Neves por não considerar apoio a Cesar Maia

Rodrigo Maia: ‘Não nos cabe mais tentar diálogo com o PSDB (do Rio)’

Por O Dia

Rodrigo apoia Ronaldo CaiadoAlexandre Brum / Agência O Dia

Rio - Sempre que fala do filho, o vereador Cesar Maia (DEM) diz que Rodrigo Maia é o cara da articulação nos bastidores, com mais paciência para negociar do que ele próprio. Paciência com limite, ao que parece. O herdeiro de Cesar avisa aos navegantes aliancistas que, quanto a 2014, não há qualquer possibilidade de conversa com o PSDB do Rio. “Não nos cabe mais tentar diálogo com o PSDB”, diz Rodrigo.

Motivo: como os tucanos fluminenses afirmam estar decididos a lançar candidato ao governo do Rio, por que ainda considerar uma chance de aliança que fizesse de Cesar palanque para o senador Aécio Neves, pré-candidato à Presidência pelo PSDB?

“Infelizmente, o Aécio nunca disse que o candidato poderia ser o Cesar Maia ou (o técnico de vôlei) Bernardinho. Aécio sempre falou em Bernardinho. Da mesma forma, o Otavio...”, cutuca o deputado federal do DEM-RJ. Rodrigo se refere ao colega de Câmara Otavio Leite (PSDB-RJ), que tem em mente três possibilidades de pré-candidato ao governo: Bernardinho, ele próprio ou o deputado estadual Luiz Paulo. Ou seja: também não inclui Cesar — de quem já foi vice na Prefeitura do Rio — em sua lista.

Enfim, já que no Rio, o PSDB e Aécio costearam e já pularam o alambrado, resta ao DEM dar força à pré-candidatura à Presidência de Ronaldo Caiado (DEM-GO). Tem gente que chamaria isso de chantagem — eu acho um exagero.