Lula será coordenador 'informal' da campanha de Dilma, diz Rui Falcão

Lula é "o grande comandante do partido", mas não ocupará oficialmente o cargo de coordenador, segundo o petista

Por O Dia

São Paulo -  O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será o coordenador "informal" da campanha da presidente Dilma Rousseff perante as eleições do próximo mês de outubro, informou neste sábado o Partido dos Trabalhadores (PT).

Em entrevista coletiva no encontro nacional do partido, encerrado hoje em São Paulo, o presidente do PT, Rui Falcão, declarou que, apesar de Lula ser "o grande comandante do partido", ele não ocupará "formalmente" o cargo de coordenador.

"O Lula é o grande comandante do partido, da campanha. Ele transcende qualquer organização funcional que a gente crie na campanha. A orientação política é dele", afirmou Falcão, que, na abertura do encontro, pediu a "formalização" da candidatura de Dilma.

O evento, iniciado ontem em São Paulo, serviu para ratificar a candidatura de Dilma; mostrar a unidade entre Lula e sua sucessora e diminuir as vozes de dentro do partido que pediam a candidatura do ex-presidente.

Lula e Dilma em Encontro Nacional do PTDaniel Teixeira / Agência O Dia

Na última segunda-feira, o deputado Bernardo Vasconcellos, líder do governista Partido da República (PR), apresentou um manifesto assinado por 20 parlamentares a favor da candidatura de Lula à frente do PT. Falcão lembrou que o partido segue a orientação política de Lula e afirmou que, "se ele quiser ir para o comitê e ficar no dia-a-dia do partido, não há nenhum impedimento". "Ele já é o comandante-geral", apontou Falcão.

Além de reforçar a candidatura de Dilma para as eleições do próximo dia 5 de outubro, o encontro nacional do PT, que contou a presença de cerca de 800 delegados, serviu para discutir o programa de governo e definir a estratégia a ser adotada na campanha. De acordo com as últimas enquetes, Dilma lidera as intenções de voto, embora tenha perdido a força nas últimas semanas. Atualmente, a atual presidente e candidata a reeleição possui entre 37% e 40%, índice que supõe a realização de um segundo turno.

Últimas de _legado_Brasil