Presidente do PMDB-RJ, Jorge Picciani casa de novo com mulher mais nova

Político celebrou união com cerimônia no Itanhangá

Por O Dia

Rio - Com a presença de políticos do quilate do ex-governador do estado Sérgio Cabral e o atual, Luiz Fernando Pezão, além do prefeito do Rio, Eduardo Paes, como testemunhas, se casou neste sábado o presidente regional do PMDB Jorge Picciani, 59 anos. A noiva é a jornalista Hortencia da Silva Oliveira, de 26.

>>> GALERIA: Políticos comparecem ao casamento de Jorge Picciani

A cerimônia ocorreu numa casa de festas no Itanhangá, na Zona Oeste da cidade, sob forte esquema de segurança. Não foi permitida a presença de jornalistas. Um helicóptero sobrevoou o local e despejou uma chuva papel prateado picado para celebrar a união dos noivos.

A jornalista Hortencia da Silva Oliveira se casa com o ex-presidente da Alerj e atual presidente estadual do PMDB, Jorge PiccianiFabio Teixeira / Agência O Dia

Apesar de integrar o partido da base aliada da presidenta Dilma Rousseff, no Rio Picciani vem mantendo negociações com o pré-candidato rival, o senador Aécio Neves (PSDB), que confirmou presença no casório. O político, que já presidiu a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), conheceu Hortencia em 2012, após terminar um casamento de 30 anos. O político é pai de quatro filhos e avô de cinco netos. Já o novo casal mora junto há um ano.

Segundo amigos, a noiva tem um curso de pós-graduação em Administração pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e trabalha no Tribunal de Contas do Estados (TCE), com salário de R$ 10,6 mil. Boa parte da cúpula do PMDB fluminense compareceu ao casamento: o deputado Paulo Mello, presidente da Alerj; o prefeito de Queimados, Max Lemos; o presidente da Câmara Municipal do Rio, Jorge Felippe; entre outros políticos.

Últimas de _legado_Brasil