Operação apreende peças de motocicletas roubadas avaliadas em R$ 6 milhões

Ação faz parte da Operação Desmanche, que visa a evitar a continuidade de roubos de veículos atacando receptadores

Por O Dia

São Paulo - Uma operação da Polícia Civil de São Paulo resultou na apreensão de um mIlhão de peças de motocicletas sem comprovação de origem, nesta sexta-feira (30). O valor total da mercadoria, encontrada em três lojas da região central paulistana, foi avaliado em R$ 6 milhões pela investigação.

Imagem mostra loja em que foram encontradas peças sem comprovação de origem%2C nesta sextaSSP/Divulgação

“Essas lojas cheiram a sangue, pois essas peças são resultado de latrocínios cometidos para se roubar motocicletas. Nós temos aqui quadros de motocicletas já desmanchados, com o número do chassi já raspados”, avaliou o secretário de Segurança Pública do Estado, Alexandre de Moraes. As lojas foram interditadas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e serão lacrados pela Prefeitura de São Paulo.

Após a apreensão, o secretário afirmou que outros comércios da região serão investigados e fiscalizados pela polícia com a participação do Corpo de Bombeiros. O objetivo, além de avaliar a procedência das mercadorias, é verificar se os comércios possuem alvará de funcionamento.

A ação faz parte da Operação Desmanche, que visa a evitar a continuidade de roubos de veículos atacando seus receptadores. Ela também pretende sufocar a situação financeira das quadrilhas.

De julho para cá, a operação fiscalizou 999 estabelecimentos e interditou 503 deles por irregularidades.

Os proprietários das três lojas fiscalizadas nesta sexta-feira foram presos em flagrante. Os nomes não foram divulgados.

Últimas de _legado_Brasil