Joaquim Barbosa diz que depoimento de Barusco à CPI foi 'chocante'

Ex-ministro do STF comentou que caso não pode ser analisado apenas sob ótica partidária

Por O Dia

Rio - O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, publicou em uma rede social que o depoimento de Pedro Barusco à CPI para averiguar irregularidades na Petrobras foi "chocante". "Como milhões de brasileiros, vi a programação da TV Câmara ontem. Chocante", escreveu na madrugada desta terça-feira no Twitter.

Barbosa comentou que "pouca gente pensa nas voltas e nas peças que a História dá e aplica" e disse ser um tremendo erro analisar o depoimento de Barusco apenas sob ótica partidária.

"Muitos vêem o que se passou ontem na CD sob ótica puramente partidária. É um tremendo erro. Por que?", comentou ainda Joaquim Barbosa. "Partidos são meros instrumentos. Nossa nação não se construiu e tampouco se define à luz de momentâneos interesses partidários", completou.

Pedro Barusco prestou depoimento na CPI da Petrobras nesta terçaAgência Brasil

No depoimento, o ex-gerente da estatal admitiu ter recebido propinas e feito repasse ao PT, ainda relatando reuniões com o tesoureiro do partido, João Vaccari Neto. Segundo Barusco, US$ 300 mil foram repassados para a campanha de 2010 da presidenta Dilma Rousseff a pedido do petista.

O Ministério Público estaria investigando registros telefônicos dos dois para comprovar o relacionamento. Segundo a secretaria de Finanças do PT, cuja chefia é de Vaccari Neto, Barusco não tem provas do que diz e será processado.

Barusco ainda falou a respeito do recebimento de propina na época da gestão de Fernando Henrique Cardoso, entre 1997 e 1998, mas não entrou em detalhes pois, segundo ele, está sob investigação do Ministério Público e da Justiça holandesa.

Últimas de _legado_Brasil