Juiz federal manda soltar três presos na décima fase da Operação Lava Jato

Sérgio Moro diz que prorrogação da prisão não se justifica, pois eles tiveram atuação menor em relação a outros envolvidos

Por O Dia

Brasília - O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato, concedeu liberdade a três presos na décima fase da operação, nesta sexta-feira.

Com a decisão, serão soltos Lucélio Roberto Von Lehsten Goes, filho do empresário Mário Goes e acusado de ser um dos operadores do esquema de desvios da Petrobras, Dario Teixeira Alves Junior e Sonia Mariza Branco, acusados de serem responsáveis por parte dos pagamentos de propina na estatal.

Segundo Sérgio Moro, a prorrogação da prisão dos acusados não se justifica, pois eles tiveram atuação menor em relação a outros envolvidos que atuavam diretamente com ex-diretores da Petrobras.

O juiz impôs a eles medidas cautelares, como proibição de deixar o país sem autorização da Justiça, não mudar de endereço sem comunicação prévia e sempre comparecer aos atos processuais quando convocados pela Justiça.

Últimas de _legado_Brasil