Balanço do ano passado da Petrobras é aprovado

Pelo segundo ano, acionistas não receberão dividendos da estatal

Por O Dia

Rio - Numa assembleia que reuniu cerca de 60 acionistas, parte da diretoria da Petrobras e uma representante do governo federal foi aprovado na tarde de segunda-feira o balanço da Petrobras referente a 2014. Votaram a favor donos de 4,1 bilhões de ações e contra acionistas que possuem 441 milhões de papéis.

Foi decidido que, pelo segundo ano, os acionistas não receberão dividendos da estatal. A decisão provocou reclamação de alguns acionistas, mas prevaleceu a posição da União, que é o acionista majoritário.

Segundo os números aprovados nesta segunda, a empresa registrou em 2014 prejuízo de R$ 21,6 bilhões. O resultado foi influenciado pela inclusão no balanço financeiro das perdas de R$ 6,2 bilhões decorrentes de desvios de recursos da empresa no esquema de corrupção montado por empreiteiras e diretores da estatal. Houve ainda registradas perdas estimadas em R$ 44,6 bilhões na reavaliação dos ativos.

Últimas de _legado_Brasil