Chapa que analisa impeachment tem dois integrantes da família Bolsonaro

Pai e filho, Jair e Eduardo Bolsonaro vão estudar pedido de afastamento contra a presidenta Dilma Rousseff

Por O Dia

Brasília - A chapa vencedora para compor a comissão especial que vai analisar o pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff é integrada por dois integrantes da família Bolsonaro: o chefe do clã, o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) e um de seus filhos, Eduardo Bolsonaro (PSC-SP).  Eduardo foi flagrado armado em uma das manifestações a favor do afastamento de Dilma em São Paulo e segue a defesa de temas do pai: contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a favor da redução da maioridade penal e contra o desarmamento.

Bolsonaro faz parte da chapa vencedora que vai analisar o pedido de impeachment contra a presidenta Dilma RousseffEBC

Pelo PSC de Eduardo Bolsonaro também está o pastor Marco Feliciano, ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Feliciano despertou a ira de integrantes de movimentos sociais ao colocar em pauta o projeto de cura gay. A proposta acabou arquivada e não foi colocada em votação em plenário. 

Opositor ferrenho do governo Dilma, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) também compõe a comissão. Filho do exprefeito Cesar Maia, ele tentou ocupar, em 2012,  a cadeira um dia ocupada pelo pai, mas acabou derrotado com apenas 95. 328 votos. 







Últimas de _legado_Brasil