Dono de termas vai liberar entrada para agentes da PF caso Lula seja preso

Oscar Maroni disse também que vai liberar cerveja para todos se o ex-presidente do Brasil for levado para a cadeia

Por bianca.lobianco

São Paulo - O empresário Oscar Maroni, dono de uma grande termas em São Paulo, postou um vídeo nesta sexta-feira comemorando a condução coercitiva do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, pela Polícia Federal na 24ª fase da Operação Lava Jato na manhã desta sexta-feira. 

Empresário Oscar Maroni diz que vai liberar entrada gratuita para agentes da PF a termas se Lula for levado para cadeia Reprodução Internet

Nas imagens, Maroni parabeniza os agentes federais e comemora a notícia. "Senhores, eu nunca imaginei que iria respeitar e amar tanto a nossa Polícia Federal, podem sortear entre vocês aí que eu vou liberar um ingresso a vocês. Sorteiem pelo menos cinco de vocês", diz ele que também estende o convite ao juíz federal Sérgio Moro e a funcionários do Ministério Público Federal, se referindo a entradas gratuitas ao local 

"Vou gastar pelo menos R$ 10 mil de cerveja se o Lula for preso. Podem ir correndo lá para a frente do hotel. Vai ser tudo liberado. Estou muito animado, como empresário, de investir na minha pátria, na minha fazenda, revitalizar o meu hotel, produzir de novo, gerar empregos. Lula, estás colhendo o que plantastes, está faltando também a Dilma", finaliza ele. 

Lula presta depoimento à PF em Congonhas em nova fase da Lava Jato

Imprensa internacional repercute operação da Lava Jato contra Lula

Oposição avalia que 'governo acabou' e quer convocar Lula para depor na Câmara

'Crimes cometidos à sombra do poder do PT estão vindo à luz', afirma Aécio

PT considera Lula preso político e pede reação: 'Não podemos deixar barato'

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia