Impostômetro marca R$ 1,4 trilhão neste sábado

Levantamento mostra que cachaça tem a maior carga (81,87%)

Por O Dia

Neste sábado, os brasileiros terão pago R$ 1,4 trilhão em impostos para União, estados e municípios em 2013. Esse será o valor marcado pelo Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), por volta das 20h40. No ano passado, a marca foi atingida no dia 7 de dezembro (18 dias depois na comparação com 2013) - o que revela aumento da carga tributária.

O presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Rogério Amato, ressalta a importância da disseminação das informações a respeito da carga tributária. "A maior parte dos brasileiros não sabe o quanto paga em impostos porque o sistema tributário não é transparente no País. Com a divulgação, esperamos que os cidadãos passem a se preocupar mais com a questão tributária e a exigir a contrapartida em serviços públicos de qualidade, além de fiscalizar como os recursos são aplicados", afirma.

Happy hour

Muita gente se reúne semanalmente em happy hour com os amigos, mas não tem consciência do quanto paga em impostos nas bebidas e drinks. Consumir uma dose de cachaça significa desembolsar 81,87% de impostos, em relação ao preço total. No caso da vodca, a porcentagem é de 81,52%. Os preços da caipirinha e do chope têm, respectivamente, 76,66% e 62,2% de tributos.

Estados e municípios

Pelo portal www.impostometro.com.br, é possível levantar os valores que as populações de cada estado e município brasileiro pagaram em tributos (taxas, impostos e contribuições) - neste ano e em períodos específicos.

Carga tributária nos preços das bebidas

Cachaça: 81,87%

Caipirinha: 76,66%

Cerveja (lata): 55,60%

Cerveja garrafa: 55,6%

Champanhe: 59,49%

Chope: 62,2%

Espumante: 59,49%

Vinho: 54,73%

Vodca: 81,52%

Uísque: 61,22%