Prefeitura do Rio antecipa salário de servidores ativos

Grupo vai receber na mesma data em que aposentados e pensionistas sacam seus pagamentos

Por O Dia

Rio - Os servidores ativos da Prefeitura do Rio vão receber o salário de abril mais cedo, em 2 de maio e não mais no dia 5, como prevê o calendário oficial. O prefeito Eduardo Paes decidiu nesta terça-feira antecipar o pagamento para o primeiro dia útil do mês. Com isso, o grupo vai receber na mesma data em que aposentados e pensionistas sacam seus pagamentos.

Ao todo, 160 mil vão ter o dinheiro liberado em 2 de maio. O decreto com a antecipação sai na sexta-feira no Diário Oficial. A medida para ativos será uma forma de aliviar o bolso entre o feriado de 1º de Maio, Dia do Trabalhador, e o fim de semana. No Estado do Rio, não há previsão para mudanças no calendário. Está mantido o pagamento dos servidores ativos dia 5.

Ainda não está decidido se dia 2 de maio será ponto facultativo nas repartições da Prefeitura do Rio. No estado, por enquanto, não será. E, no governo federal, o expediente será normal dia 2 de maio. A portaria publicada pelo Ministério do Planejamento e Gestão em 3 de janeiro, que prevê os feriados e pontos facultativos no ano, não estabelece que a sexta-feira após o feriado de 1º de maio vai ser de folga para servidores.

41 nomeações

A União autorizou nesta terça-feira a nomeação de 41 candidatos aprovados para Especialista em Regulação da Atividade Cinematográfica e Audiovisual, do quadro de pessoal da Agência Nacional do Cinema (Ancine). Os novos servidores foram aprovados no concurso público autorizado pelo Ministério do Planejamento em 31 de maio de 2013, que prevê o preenchimento no total de 69 vagas.

Manifestação

Servidores do Hospital Federal de Bonsucesso participam de protesto na sexta-feira, a partir 10h, em frente à unidade. Além da campanha salarial, os funcionários vão se posicionar contra a falta da regulamentação da carga horária semanal de 30 horas e também a portaria do Ministério da Saúde que transformou, segundo o Sindsprev, o hospital em uma unidade de emergência.

Pedido de audiência

A Central Única dos Trabalhadores, a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal e o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho enviaram ofício ao ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, solicitando audiência para o próximo dia 28. Na data, as entidades vão promover atos públicos em memória às vítimas de acidente de trabalho.

IBGE pode parar

Servidores do IBGE promovem assembleia estaduais nesta qurta-feira em todo o país para decidir uma nova paralisação por tempo determinado ou até a possibilidade de a categoria entrar em greve por período indeterminado. As lideranças são contra o adiamento de pesquisas do instituto, depois da redução orçamentária que o IBGE sofreu por parte do governo.

Últimas de _legado_Economia