Ações da Petrobras oscilam após divulgação do balanço de 2014

Ações preferenciais fecharam a R$ 12,92, queda de 1,52%. Ações ordinárias encerraram em R$ 14,06, com alta de 5,63%

Por O Dia

Brasília - Após a divulgação do balanço de 2014, as ações da Petrobras registraram, nesta quinta-feira, movimento contrário em relação ao dia anterior. As ações preferenciais, com prioridade na distribuição de dividendos, fecharam esta quinta-feira em R$ 12,92, uma queda de 1,52%. As ações ordinárias, que dão direito a voto no conselho da companhia, encerraram em R$ 14,06, com alta de 5,63%.

LEIA MAIS: Petrobras divulga balanço com prejuízo de R$ 21,6 bilhões em 2014

A queda nas ações preferenciais ocorreu após o presidente da estatal, Aldemir Bendine, ter anunciado que a empresa não distribuiria dividendos aos acionistas neste ano. Os dividendos são a parcela dos lucros que uma empresa com ações na bolsa distribui aos acionistas.

O índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, fechou o dia com alta de 1,85%, aos 55.685 pontos. Além das ações ordinárias da Petrobras, a valorização foi motivada pela alta de 8,43% nas ações da mineradora Vale, um dos principais componentes do índice.

Últimas de _legado_Economia