Facebook vai dividir lucros com criadores de vídeos publicados

Ação é mais uma concorrência ao YouTube

Por O Dia

Rio - O Facebook anunciou mais uma ofensiva contra o YouTube na guerra de vídeos sugeridos nas redes sociais. A empresa revelou que vai dividir a receita gerada para os seus criadores. A divisão de rendimentos vai obedecer a mesma regra estabelecida pelo Google, ou seja, 55% da quantia arrecada será para o criador do vídeo e os outros 45% irão para o Facebook.

A recompensa será feita para a produção da função “vídeos sugeridos”. O valor que será negociado ainda não foi divulgado. Pelos planos da empresa, os comerciais serão inseridos entre as exibições de vídeos. O mecanismo é oposto do que faz o concorrente, que inicia as reproduções com peças publicitárias. Já os comerciais terão o som ativado automaticamente, ao contrário do que ocorre com os vídeos compartilhados entre os usuários na timeline.

E por falar em timeline, é ela que vai definir quais vídeos serão apresentados aos usuários do Facebook. A empresa já trabalha no cruzamento de informações acessadas pelos membros. Um porta-voz da empresa afirmou que os usuários vão ‘encontrar vídeos interessantes”.

A equipe de Mark Zuckerberg também atua para oferecer clipes personalizados aos usuários. Já a empresa eMarketer divulgou que o montante gasto pelos anunciantes no segmento de vídeos comerciais deve chegar a US$ 7,7 bilhões nos Estados Unidos em 2015, contra US$ 5,81 bilhões em 2014. O YouTube espera acumular 25% desse total este ano.

Últimas de _legado_Economia