Facebook testa recurso para comércio online sem sair da rede social

Iniciativa visa a facilitar compras de produtos de anunciantes e competir com ofertas de Amazon e anúncios do Google

Por O Dia

São Francisco (EUA) - O Facebook quer que seus usuários comprem roupas e outros produtos de seus telefones móveis sem sair do site da rede social para comprar na loja virtual. A iniciativa é mais um tijolo no muro de ambiente fechado construído por Mark Zuckerberg, assim como um golpe nos negócios do Google, que vende parte de seus resultados de busca para anunciantes pelos sistemas ad sense e adwords.

Em um esforço para ir além em seu e-commerce e competir com ofertas de varejo da Amazon, o Facebook anunciou nesta segunda-feira que está testando vários recursos de publicidade que permitem usuários a comprar diretamente por meio do aplicativo.

Zuckerberg testa ferramenta para competir com varejo da Amazon e anúncios do GoogleArte%3A O Dia

Poucos usuários fazem compras em telefones móveis porque o processo é lento e pesado, mas o Facebook espera ganhar mais dólares de publicidade suavizando o processo. Compras móveis representam menos de 2% de todas as vendas do varejo, de acordo com a empresa de pesquisa eMarketer.

"Nós buscamos dar às pessoas um caminho mais fácil para encontrar produtos que irão interessá-los no telefone, tornar as compras mais fáceis e ajudar os negócios a direcionar as vendas", disse a diretora de marketing de produtos para comércio do Facebook, Emma Rodgers.

Com informações da Reuters