Demanda por profissionais de Logística é cada vez maior no mercado

Poucas faculdades oferecem a graduação, que tem muitas oportunidades

Por O Dia

Todas as ocupações têm uma história rica e detalhes cotidianos pouco conhecidos que as tornam mais especiais. Para entreter e informar nossos leitores, o Dia Online traz, em parceira com a Estácio, textos semanais com curiosidades e informações interessantes sobre as profissões mais conhecidas e procuradas, e também sobre o mundo do trabalho em geral. Essa semana falamos sobre a carreira em Logística, que começou na prática desde a Grécia Antiga. Os profissionais dessa área hoje estão muito procurados no mercado já que poucas faculdades oferecem a graduação, ou seja, faltam pessoas especializadas para atuar.

Atualmente, o técnico em Logística pode trabalhar com qualquer área que demande negociações, análises de mercado e planejamento, como transporte, importação, exportação, distribuição e armazenagem de produtos. A missão é aprimorar o desempenho organizacional, administrando recursos materiais, financeiros e humanos. Considera-se que essa ciência foi desenvolvida por militares, que tinham necessidade de abastecer o estoque de armas, munições e comida enquanto se deslocavam. Já existiam oficiais com o título de Logistikas, responsáveis por essas tarefas, na Grécia Antiga e nos impérios Romano e Bizantino. Em 1988, a Logística foi introduzida como matéria na Escola de Guerra Naval dos Estados Unidos.

Ao longo da história, novas metodologias e tecnologias sempre promoveram revisões na área de logística. Porém, havia poucos estudos e publicações sobre o tema até a década de 40. Só nos anos 50 e 60, com o aumento da preocupação em agradar o consumidor, é que surgiu o conceito mais aprofundado de logística empresarial. A partir da década de 80, a globalização promoveu mais uma revisão da matéria. Hoje, a área não se limita a uma única função, mas representa uma área de integração dos papéis assumidos no passado, exigindo profissionais bem preparados. O novo ambiente competitivo e a possibilidade de evolução do país trazem cada vez mais oportunidades.

A graduação em Logística tem duração mínima de dois anos. Na Estácio, vários recursos ajudam no aprendizado, como biblioteca virtual para o professor e para o aluno, além do acervo presencial; webaula, material didático sem custo; oferta de disciplinas online, preparando o estudante para aprendizagem através das novas tecnologias; o uso sistematizado dos laboratórios, que articulam e complementam as atividades de leitura e reflexão coletiva, típicas da prática em sala de aula. Além da constante qualificação, titulação e experiência profissional do corpo docente.

Últimas de _legado_Educação