Clube frequentado por Frank Sinatra em Miami virará um luxuoso condomínio

Conhecido por reunir milionários e famosos nos anos 1930, Surf Club dará espaço a apartamentos e hotel cinco estrelas

Por O Dia

Miami (EUA) - Um dos lugares mais badalados de Miami entre 1930 e 1960, cenário de festas nababescas, reuniões de Estado e férias à beira-mar de milionários, políticos e celebridades de todo o mundo, o clube privado Surf Club, em Surfside, dará lugar ao que promete ser um dos empreendimentos imobiliários mais exclusivos da região.

GALERIA: Badalado por celebridades, clube de Miami vai virar um condomínio

Comprado por um grupo de investidores em 2012, os nove hectares da propriedade darão espaço a um hotel Four Seasons, dois prédios residenciais, um clube privado, dois restaurantes, quatro piscinas, um centro de fitness, um spa, mais de 40 bangalôs de praia e um jardim que ocupará parte dos 294 metros de orla, com vista para o Oceano Atlântico.

Sob a responsabilidade da rede canadense Four Seasons o hotel terá 80 suítesDivulgação

O projeto é assinado por Richard Meier, vencedor do prêmio Pritzker-Prize (mais importante premiação de arquitetura), e prevê a construção de 150 apartamentos e coberturas em duas torres de 12 andares. Com metragens que vão de 130 m² a 740 m², as unidades terão grandes panos de vidro na fachada – priorizando a vista e a grande entrada de iluminação natural –, piscinas e elevadores privativos, além de serviço de hotelaria.

Já a histórica sede do clube fundado por Harvey Firestone – herdeiro de uma das fortunas americanas –, por onde passaram personalidades como Winston Churchill, Elizabeth Taylor, o duque a duquesa de Windsor, Frank Sinatra, Ava Gardner e diferentes gerações dos Kennedy, será incorporada à estrutura hoteleira de aproximadamente 80 quartos.

Com obras em andamento, o Surf Club Four Seasons Private Residences deverá ser entregue no início de 2016.

Últimas de _legado_Imóveis