Equipe da ONU adia visita à zona de suposto ataque químico na Síria

Inspetores não puderam prosseguir por falta de proteção

Por O Dia

Damasco (Síria) - A equipe da ONU que está na Síria para investigar o uso de armas químicas no país adiou para esta quarta-feira uma nova visita ao local na periferia de Damasco onde teria ocorrido um ataque em função de desavenças entre os grupos rebeldes, informou nesta terça-feira o ministro sírio de Relações Exteriores, Walid al Mualem.

Em uma coletiva de imprensa, Mualem disse que os inspetores "não puderam entrar hoje na zona de Muadamiyat al Sham porque os grupos armados não chegaram a um acordo entre eles sobre as garantias para proteger os especialistas".

Inspetores analisam mostras de supostas substâncias químicasEFE


Últimas de _legado_Mundo e Ciência