Irina Bokova é reeleita como diretora-geral da Unesco

Diplomata superou amplamente os 88 que necessitava para seguir no cargo

Por O Dia

França - A conferência geral da Unesco confirmou nesta terça-feira a reeleição à frente da organização da diplomata búlgara Irina Bokova durante os próximos quatro anos, até 2017.

A decisão da conferência, reunida desde a semana passada em Paris, confirma a do Conselho Executivo da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que alcançou um acordo prévio em 4 de outubro.

Bokova obteve 160 votos a favor frente a 14 contra, segundo números divulgados na sede da organização.

Bokova obteve em outubro 39 votos dos 58 membros do conselho frente ao embaixador de Djibuti na França, Rachad Farah, que alcançou 13, e o professor libanês Joseph Maïla, que recebeu seis, e nesta terça superou amplamente os 88 que necessitava para seguir no cargo.

Irina Bokova obteve 160 votos a favor frente a 14 contra, segundo números divulgados na sede da organizaçãoEfe