França: Polícia desarticula rede acusada de enviar extremistas para a Síria

Ainda não há informações de quantas pessoas foram presas

Por O Dia

França - Unidades de polícia de elite e antiterrorista da França desarticularam nesta segunda-feira uma rede acusada de enviar extremistas para lutar pelo Estado Islâmico na Síria e no Iraque.

Pelo menos 12 suspeitos eram alvos da operação, a maioria, na região sul da cidade de Toulouse, mas também, na capital, Paris, e na região norte da Normandia. Ainda não há informações de quantas pessoas foram presas.

Leia mais:

Estado Islâmico decapita quatro por blasfêmia na Síria

'Canhões do inferno' de rebeldes sírios mataram 311 civis, diz grupo ativista

Ataques terroristas do Estado Islâmico matam 12 xiitas em Bagdá

Na França, que tem a maior população muçulmana da Europa, é crescente a preocupação com o número de cidadãos que se juntaram às fileiras extremistas. Estima-se que pelo menos mil franceses deixaram o país rumo à Síria e ao Iraque e que, desses, pelo menos 400 ainda estão lutando e 50 morreram.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência