Obama afirma estar "orgulhoso de ter salvo a economia" dos EUA

Taxa de desemprego do país terminou 2014 em 5,6%, a mais baixa em cinco anos

Por O Dia

Washington (Estados Unidos) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse estar "orgulhoso de ter salvo a economia" do país, depois da crise financeira de 2008, citada como uma de suas principais conquistas na Casa Branca.

A declaração foi feita neste domingo, em entrevista ao programa "GPS", da emissora "CNN", ao ser perguntado sobre quais considerava seus maiores feitos como presidente. O líder americano, que ainda tem dois anos de mandato, também se disse orgulhoso por ter conseguido evitar uma nova Grande Depressão.

Obama reconheceu que ainda tem "um longo caminho para percorrer", mas que a estabilização econômica conseguida nos últimos anos "acalmou as bases para avançar".

"Desse modo, agora temos a capacidade de encarar o que era o tema fundamental da minha campanha em 2008, restaurar a economia baseada na classe média e a capacidade das pessoas para ingressar na classe média", disse.

Os últimos dados refletiram a consolidação econômica dos EUA, com uma taxa de desemprego que terminou 2014 em 5,6%, a mais baixa desde junho de 2008, e um crescimento no quarto trimestre de 2014 a um ritmo anual de 2,6%.

Esse número, ainda provisório, já que é a primeira de três estimativas, representa uma leve desaceleração após o avanço de 5% no terceiro trimestre de 2014, o maior registrado em uma década.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência