Hugo Chávez ‘ressuscita’ em campanha eleitoral

Partido governista usa imagem de falecido líder venezuelano para angariar votos

Por O Dia

Venezuela - Falecido em março de 2013, de câncer, o antigo presidente da Venezuela, Hugo Chávez, está ‘de volta’ às ruas e nas redes sociais. Sua imagem vem se multiplicando como parte da estratégia do governista Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) para não perder terreno nas eleições legislativas do fim do ano, ainda sem data certa marcada.

Cartazes com rosto do ex-presidente e suas frases de efeito estão se multiplicando nas ruas e redes sociaisReuters

Em prévias realizadas há uma semana, quem se saiu melhor foi a MUD (Mesa da Unidade Democrática), coalizão do oposicionista moderado Henrique Caprilles. Enquanto isso, o atual presidente, o chavista Nicolás Maduro, está cada vez mais enfraquecido devido a crise econômica e de segurança no país. Cartazes vermelhos com o rosto de Chávez trazem antigas frases do líder, como “Os candidatos do povo são os meus candidatos”; “Vamos, pois, à vitória”; e “No socialismo, o povo tem o poder”. A campanha tenta reforçar o vínculo entre Maduro e Chávez.

Ontem, os ex-presidentes de Colômbia e Bolívia, Andrés Pastrana e Jorge Quiroga, chegaram à Venezuela para dar apoio aos líderes opositores radicais que estão na cadeia e em greve de fome, Leopoldo López e Daniel Ceballos. Pastrana e Quiroga pediram a libertação dos presos políticos, além de uma data para a realização das eleições legislativas.

Mas Maduro segue inflexível: “Não há direita ou oposição boa e outra má. Há um plano desestabilizador”, afirmou, referindo-se à proposta de López de convocar marcha amanhã para exigir a liberdade de presos, o fim da censura e a fixação de datas das eleições legislativas.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência