Resfriado e gripe provocam faltas nas empresas

Vacinação e lavar as mãos com frequência podem evitar as doenças que atrapalham a produtividade

Por O Dia

Rio - No inverno, o funcionamento de muitas empresas é prejudicado por um problema recorrente: o aumento no número de faltas , causado principalmente pela gripe e pelo resfriado. “São doenças altamente contagiosas, já que o contágio ocorre pelo ar. E, como é um ambiente fechado, com muita gente trabalhando junto, elas são transmitidas com muita facilidade”, explica Januário Micelli, presidente da Associação de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional.

Os empregados devem procurar médicos ao sentir os primeiros sintomas da gripe e do resfriadoReprodução

Outro problema, causado pelo mesmo motivo, é o chamado presenteísmo: pessoas que estão no escritório, mas que não são eficientes como deveriam porque estão doentes. “Ela vai trabalhar, mas tem uma produção muito comprometida”, alerta Januário. O especialista estima em 25% os trabalhadores nessa situação. Um motivo importante para prevenir essas doenças são os custos que elas causam, tanto nos planos de saúde como nos serviços públicos.

As empresas podem tomar diversas medidas para evitar o problema. No caso da gripe, a principal é promover uma campanha de vacinação. “A vacina tem sido muito segura”, comemora o médico.

Os efeitos negativos são marcas locais, como vermelhidão e inchaço. Mas o especialista ressalta que a decisão sobre tomá-la ou não deve partir do funcionário. Além disso, devem evitar a injeção quem passa por um processo infeccioso ou tem alergia a determinados alimentos (entre eles, o ovo).

As companhias também podem oferecer treinamento para os funcionários. “Pode ser na forma de palestra ou da orientação do médico da empresa”, ensina Januário. A principal dica é lavar a mão com frequência, para evitar que o vírus passe para objetos de uso compartilhado, como teclados ou máquina de água. Disponibilizar um álcool gel no escritório é outra opção.

Além dos cuidados higiênicos, os empregados também precisam ter uma alimentação saudável e uma boa hidratação. E devem procurar médicos ao sentir os primeiros sintomas.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência