Milionária tenta matar filhas gêmeas de 14 anos

Filha de Tony Gram, ex-dono da Kipling, já tentou afogar as meninas durante depressão pós-parto. Mulher será acusada de tentativa de homicídio

Por O Dia

Bélgica - A milionária filha do ex-dono da marca de bolsas Kipling, Mireille Gram, foi detida na Bélgica, depois de tentar matar com uma faca suas duas filhas gêmeas de 14 anos, segundo informou a imprensa local. Mireille Gram tem uma fortuna estimada em 168 milhões de euros. Seu pai, Tony Gram, era dono da Kipling há 10 anos e vendeu a marca em 2004.

O crime ocorreu no último domingo. Segundo informações, Mireille teria tentado cortar o pescoço de uma das filhas. O crime foi evitado pela outra irmã, que acordou com o barulho e tentou deter a mãe antes de fugir pela janela para pedir ajuda a uma funcionária que também estava na casa e aparentemente ouviu os gritos de socorro.

Herdeira da Kipling tenta assassinar suas duas filhas gêmeas de 14 anosReprodução Internet

Quando a polícia chegou minutos depois, uma das gêmeas que ficou com ferimentos graves foi levada para um hospital, onde segue internada. Embora as lesões sejam sérias, a polícia disse que sua vida não corre perigo. A mãe foi presa, acusada de tentativa de assassinato. 

De acordo com parentes ouvidos pelo jornal "Het Laatste Nieuws", Mireille Gram já tinha tentado afogar as gêmeas por causa de uma depressão pós-parto, e seu recente divórcio pode ter desencadeado este gesto de desespero, porque o marido tinha conseguido a guarda dos filhos.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência