Câmera escondida flagra professora de creche trabalhando como prostituta

Jovem diz que seu trabalho como prostituta não interfere no rendimento na escola e afirmou que é livre

Por O Dia

Rússia - Uma professora de uma creche foi flagrada por uma câmera escondida no momento em que começava a fazer programa sexual com um cliente. Katya Gorlova, de 22 anos, mora em Kaliningrado, Rússia.

Katya Gorlova%2C de 22 anos%2C durante o programa sexual com um clienteReprodução / Internet

No vídeo que circula nas redes sociais, a mulher aparece vestida apenas com roupas íntimas. Durante a conversa, ela confessa para o cliente que trabalha em uma creche. Katya também atende por Anastasia Monpasye e recebeu aproximadamente R$ 180 pelo programa.

A mulher disse que o seu trabalho como prostituta não interfere no seu rendimento na escola e afirmou que é livre para fazer o que quiser no seu tempo livre. Katya Gorlova garantiu que vai processar o homem que vazou os vídeos nas redes sociais.

Fonte: IG

Últimas de _legado_Mundo e Ciência