Manifestantes contam com o apoio de ao menos quatro carros de som para protesto

Partido dos Trabalhadores (PT) organiza ato em apoio à presidenta no mesmo horário que Movimento Passe Livre, no Centro

Por O Dia

Rio - Com objetivo de organizar os manifestantes durante a passeata desta quinta-feira, da Candelária até a Prefeitura, na Cidade Nova, o Movimento Passe Livre usará pelo menos quatro carros de som. Dois deles são da Central Única dos Trabalhadores e do diretório estudantil da UERJ. Os outros veículos serão cedidos por entidades dos sindicatos e associações.

"Pedimos que os grandes grupos tragam seus carros de som. Eles vão nos ajudar na organização. De cima, vamos poder ver as brigas e avisar a polícia o local certo", explica o integrante do MPL, o professor de História, Gabriel Siqueira, de 24 anos.

Sobre a mobilização de vários partidos políticos criarem grupos durante a manifestação desta quinta, Gabriel diz que a orientação é não partir para violência. Na quarta, durante a manifestação em Niterói, apartidários e representantes do Pstu e Psol brigaram várias vezes. "Não existe divisão do movimento. Ele é apartidário e não antipartidário", completa Gabriel.

O Partido dos Trabalhadores (PT) organiza para esta quinta-feira, um ato em apoio à presidenta Dilma, no mesmo local e hora do MPL. A mobilização foi organizada através das redes sociais com o nome Onda Vermelha.


Últimas de Rio De Janeiro