Dicas do Guia das Comunidades mudam roteiro de turistas no Rio

Mapeamento das atrações em favelas faz visitantes optarem por passeios alternativos

Por O Dia

Rio - As vielas das comunidades cariocas não são mais um mistério para quem visita o Rio ou vive na cidade. Mapeadas pelo DIA, os segredos das favelas, com seus botecos e restaurantes, galerias de arte a céu aberto e vistas privilegiadas, estão revelados no Guia das Comunidades, lançado no fim de agosto.

As turistas peruanas que batiam ponto no Pão de Açúcar ontem à tarde, já saíram do circuito tradicional do turismo para curtir o teleférico do Complexo do Alemão. “Adoramos o passeio e fomos bem recepcionadas. O turismo nas favelas do Rio já é bem visto por quem vem de fora. Estão mudando a mentalidade”, acredita a bióloga Mirian Palomino, de 44 anos. Acompanhada da mãe, Nanci Salsero, e da irmã, Sonia Palomino, ela encontrou no Guia as informações que precisava. “É bem feito e colorido.Ajudar a organizar os passeios”, diz a bióloga.

As peruanas Sonia Palomino%2C Nanci Salsero e Mirian Palomino planejam novos passeios por favelas cariocasPaulo Alvadia / Agência O Dia

O pernambucano Josias Guedes, 26 anos, é analista financeiro em Recife e veio conhecer o Rio com a ajuda da amiga Cinthia Pontes, 30 anos, que mora em Niterói. “Não tinha planejado subir o morro, mas apresentando assim fica mais agradável e a gente se anima”, adianta Guedes, folheando o Guia.

O estudante canadense Morgan Watson, 24 anos, aprovou. “É bem claro e explicativo. Fácil de achar o que interessa”, garante o rapaz. A estudante de Direito portuguesa, Andreia Almeida, 23 anos, visita o Brasil pela primeira vez e já tem a Rocinha como alvo para o fim de semana. “Com o Guia vamos encontrar novas opções”, vibra.

Últimas de Rio De Janeiro