Grevista do Comperj é baleado durante protesto em Itaboraí

Dois homens em uma moto passaram atirando no local em duas ocasiões, ferindo trabalhadores

Por O Dia

Rio - Um trabalhador grevista do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) foi baleado com três tiros na barriga, na madrugada desta quinta-feira, durante protesto do sindicato dos petroleiros. Dois homens em uma moto passaram pelo local, em Itaboraí, e balearam o trabalhador, por volta das 5h. A vítima foi levada para o Hospital Leal Modesto Júnior.

Por volta das 7h, homens também em uma moto atiraram novamente contra os grevistas. Eles contam que durante os ataques nenhuma viatura da Polícia Militar estava no local.

Os trabalhadores do Comperj estão em greve desde quarta-feira. Eles reivindicam melhores condições trabalhistas. E também acusam o Sindicato dos Empregados da Construção Civil de receber propina para acabar com a greve. Ontem, um ônibus do sindicato foi incendiado durante um protesto. A RJ-116 chegou a ser fechada pelos manifestantes, provocando retenções na via.

Últimas de Rio De Janeiro