Atendimentos médicos registram queda este ano na Sapucaí

De sexta-feira até esta terça-feira, 1.696 pessoas foram atendidas, número menor em relação ao ano passado (1.989)

Por O Dia

Rio - Os nove postos de atendimento médico da Prefeitura do Rio no Sambódromo durante os desfiles registraram queda este ano em relação a 2013. De sexta-feira até o fim desta terça-feira, 1.696 pessoas foram atendidas, número menor em relação ao ano passado (1.989).

Ontem, durante o desfile das escolas de samba mirins, 85 pessoas foram atendidas. Cinco delas precisaram ser removidas para unidades de saúde da Prefeitura; nos cinco dias, 40 foram transferidas para unidades de Saúde. As principais causas de atendimento foram mal estar e dor de cabeça.

A Vigilância Sanitária também esteve presente na Sapucaí e realizou, no último dia de desfiles, 67 visitas sanitárias e inutilizou 90 quilos de alimentos. Também foram emitidos quatro autos de infração. Nos cinco dias, foram realizadas 624 inspeções e inutilizados 156,2 quilos de alimentos.

Cerca de 200 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, além de apoio administrativo, fizeram plantão nos postos. O atendimento de saúde continuará durante a apuração dos desfiles e no próximo sábado, dia 8, quando as escolas campeãs se apresentam. Na sexta-feira, os postos do Terreirão também funcionarão.

Últimas de Rio De Janeiro