PMs prendem acusado de estupro e homicídio em São Gonçalo

Paradeiro de Jacubino foi descoberto graças a denúncia anônima

Por thiago.antunes

Rio - Policiais do serviço reservado (P2) do Batalhão de Choque (BPChoque) prenderam, na madrugada desta segunda-feira, na Rua Cristiano Figueiras, Jardim Catarina, em São Gonçalo, Rodolfo Barbosa de Azevedo, 19 anos, o Jacubino ou Rodolfinho, suspeito de fazer parte do tráfico de drogas da região. Os PMs chegaram a Jacubino através de informações passadas pelo aplicativo de mensagens WhatsApp do Portal dos Procurados.

Jacubino foi capturado graças a denúncia anônimaDivulgação

Segundo os PMs, quando eles chegaram ao local informado, foram recebidos a tiros por traficantes que estavam em um veiculo marca Siena, na cor prata. Após abordagem foi encontrado no interior do veiculo, 41 papelotes de cocaína e R$ 56 reais. Entre os ocupantes estava Rodolfo, que faz parte de um processo na 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, pelo crime de homicídio qualificado e estupro.

De acordo com o processo, os depoimentos prestados revelam "covardia, brutalidade e menosprezo pela vida no caso descrito, uma vez que a vítima foi amarrada, estuprada e torturada antes de ser alvejada pelos disparos de arma de fogo, o que chocou toda comunidade gonçalense na época do crime".

Consta ainda sua ficha criminal, anotações por tráfico de drogas, homicídio provocado por projétil de arma de fogo, associação para o tráfico de drogas, estupro de menor de 18 anos e quadrilha ou bando. A ocorrência da prisão foi conduzida para 74ª DP (Alcântara).

A localização de criminosos pode ser denunciada através do aplicativo WhatsApp do Portal dos Procurados (21) 96802-1650, com envio fotos, mensagens de textos ou vídeos. O carioca também ligar para o Disque-Denúncia, tel: (21) 2253-1177. Em ambos os casos o anonimato é garantido.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia