Topless volta turbinado para o verão de 2015

Musa do ano passado cria concurso para promover ideia e escolher a substituta

Por O Dia

Rio - A proximidade com o verão trouxe de volta um movimento que começou em dezembro passado, em favor da prática do topless nas praias do Rio, mas que acabou ficando meio caído (sem trocadilho, por favor).

Desta vez, porém, o negócio ficou mais sério. A produtora cultural Ana Paula Nogueira, eleita em 2013 a musa do Toplessaço, decidiu turbinar o protesto e promovê-lo não apenas nas redes sociais, mas criando um concurso para eleger sua substituta. Inicialmente, pela internet. Depois, na praia.

'Mais do que seios à mostra, uma atitude’, é o mote do concurso, cujas inscrições estão abertas até o dia 30 de novembro através do no site toplessinrio.com. A escolha será feita por um júri formado pelo dono da agência 40 graus, Sérgio Mattos; o fotógrafo Marcelo Faustini; o empresário Humberto Saade (que ficou famoso por lançar modelos de topless nos desfiles da sua grife Dijon); o cantor Otto, entre outras feras.

A produtora cultural Ana Paula foi eleita a musa do Toplessaço de 2013%3A “Não é o culto ao corpo que está em jogo%2C mas a liberdade da mulher”José Pedro Monteiro / Arquivo / Agência O Dia

“Não queremos apenas modelos, mas mulheres com atitude. É isso o que mais vai contar pontos no concurso. Não apenas mostrar os seios ou ter seios bonitos. Transexuais também são bem-vindas. Não é o culto ao corpo que está em jogo, mas o oposto disso, a liberdade da mulher em relação ao corpo e o fim dos estereótipos de beleza”, diz Ana Paula Nogueira.

A nova musa será conhecida em um evento no fim de dezembro, em data ainda a ser marcada, a princípio no Posto 9, em Ipanema, ou no Arpoador, locais onde Ana Paula tem pleiteado junto à prefeitura um espaço para a prática do topless, hoje proibida pelas autoridades.

“A vencedora ganhará um book realizado por um fotógrafo profissional, e será destaque no Carnaval de 2015 em uma das escolas de samba do Grupo Especial, além de ganhar destaque na edição de dezembro da revista The Beach”, conta a musa.

A eleita também fará uma participação no próximo filme dirigido por Ana Paula Nogueira que, claro, tratará do topless no Rio de Janeiro.

Às vésperas do aniversário de 450 anos da cidade e dos Jogos Olímpicos%2C topless é proibido%2C mas toleradoAlessandro Buzas / Parceiros / Agência O Dia

Candidata nº 1 é cadeirante

As inscrições para o consurso Topless in Rio 2015 já estão dando o que falar. A primeira candidata, para a surpresa dos organizadores, foi uma cadeirante, o que emocionou a todos. “É uma candidata lindíssima”, contou Ana Paula.

Às vésperas do aniversário de 450 anos da cidade e dos Jogos Olímpicos de 2016, o concurso pretende “desencaretar a cidade”.

“Os europeus fazem topless. É algo natural. Imagina a cara deles ao chegar aqui e virem que no Rio, logo no Rio, é proibido?”, diz.