Jacaré atravessa Avenida das Américas e acaba atropelado

Sem saber que animal havia morrido, moradores compartilharam a foto do jacaré na via, e que virou sensação na internet

Por O Dia

Rio - Um novo 'pedestre' virou a sensação da Avenida das Américas - e também da internet -, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, na manhã desta segunda-feira. Trata-se de um filhote de jacaré, que 'disputava' lugar na calçada da via, por volta das 9h30. O animal atravessou a rua e ficou parado entre as duas pistas. Porém, quando os bombeiros chegaram ao local para resgatá-lo, às 11h, ele já estava morto. Moradores lamentaram e acreditam que ele tenha sido atropelado. 

A cena inusitada ocorreu na altura do BRT Benvindo de Novaes e foi registrada pela jornalista Rafaela Tayão, de 32 anos. Moradora do bairro, ela postou a imagem no Facebook, que acabou chamando atenção dos internautas. A foto gerou diversos compartilhamentos e comentários dos usuários da rede, que ainda não sabiam da morte do animal. 

Filhote de jacaré atravessou a Avenida das Américas e ficou parado na calçada entre as duas pistas%2C na manhã desta segunda-feiraLeitora Rafaela Tayão

"Canso de ver jacarés no lago perto do posto 9 da Praia do Recreio, mas no meio da Avenida das Américas foi novidade. Também vejo muitas capivaras. Ele era pequeno e estava parado no meio das pistas. Logo liguei para a Patrulha Ambiental, mas os bombeiros que foram resgatá-lo", contou Rafaela.

Vendedor da Loja Madeirão das Américas, Jorge Leal, 40, e morador da região, diz que é a primeira vez que isso acontece. Ele acredita ainda que o animal tenha sido atropelado: "Coitado, era um jacaré pequeno, claramente um filhote. Ele atravessou, mas ficou parado na calçada central muito tempo sem se mover. Acho que ele pode ter sido atropelado ou se machucou", lamentou. 

Ainda sem saber que o animal estava ferido, os internautas brincaram com a situação e fizeram diversos comentários: "A gente é que invadiu o habitat dele", escreveu. Outra usuária disse: "Ele queria passear no shopping". 

Apesar de verem com frequência animais exóticos na região, os moradores negam que esse tipo de 'aparição' é recorrente entre os carros: "Vemos isso perto dos lagos. Trabalho aqui há um tempo e nunca vemos jacarés pelas pistas", completou Jorge. 

Últimas de Rio De Janeiro