Nova Iguaçu ganha reforço na segurança

Torres de observação terão PMs e agentes no Calçadão da cidade para o período do Natal

Por O Dia

Rio - Os consumidores do Centro Comercial de Nova Iguaçu serão protegidos do alto, a partir desta quarta-feira. É que torres de monitoramento começam a ser instaladas em pontos estratégicos do Calçadão, na Avenida Governador Amaral Peixoto, onde passam diariamente cerca de 200 mil pessoas durante período natalino. Serão ao todo nove cabines, entre 1,5 e 2 metros de altura. Quatro são da Polícia Militar e cinco, da Defesa Civil e Ordem Pública Municipal.

“Elas vão dar mais visibilidade aos policiais e agentes da Ordem Pública, que observarão com mais clareza toda a movimentação da área comercial. Na época em que comandei o batalhão do Leblon, também fiz isto no Rio. A parceria com órgãos municipais dá certo. O Centro Comercial será reforçado”, garantiu o tenente-coronel Marcus Vinicius Amaral, após assumir ontem o 20º BPM (Mesquita).

O secretário de Defesa Civil e Ordem Pública da cidade%2C Luis Antunes%2C testou ontem as novas cabinesEstefan Radovicz / Agência O Dia

Segundo a assessoria da PM, 40 homens já reforçam o policiamento no local. De acordo com o secretário de Defesa Civil e Ordem Pública da cidade, Luiz Antunes, agentes e PMs serão equipados com binóculos e rádios de comunicação ponto a ponto, para ficarem interligados. Eles estarão nas cabines de segunda a sábado, das 8h às 22h, período de funcionamento do comércio, e aos domingos, caso as lojas sejam abertas.

“O crime de saidinha de banco é um dos nossos alvos de combate. Vamos ampliar o efetivo de 40 para 60 agentes no Calçadão, utilizando seis viaturas de supervisão e duas motocicletas. Agiremos com inteligência e auxiliaremos os policiais”, afirmou o secretário, acrescentando que só no Centro Comercial há pelo menos 20 agências bancárias e aproximadamente 2 mil lojas.

Ainda de acordo com ele, as cabines poderão ser mantidas para o ano que vem. “Antes eram quatro ou cinco cabines, mas este ano estamos dobrando o número. Em janeiro vamos fazer um balanço para decidir suas continuidades”, lembrou o secretário.

As cabines da PM e da Ordem Pública serão instaladas nas esquinas do Calçadão com Praça Rui Barbosa, Avenida Nilo Peçanha, Travessa Rosinda Martins, Rua Otávio Tarquínio, Quintino Bocaiuva, Don Walmor, Doutor Barros Júnior, e na Rua Coronel Francisco Soares e na Avenida Nilo Peçanha. 

“É um projeto que dá certo desde 2007. Mas este ano há uma integração da PM com a Ordem Pública. A população poderá comprar com segurança”, aprovou o presidente da Associação Comercial e Industrial de Nova Iguaçu (Acini), Antônio Alpino, que junto da Câmara de Dirigentes Lojistas, faz parte da parceria.

Centro Comercial deve ganhar mais 40 câmeras em 2015

Em 2015, a expectativa é de que o Centro Comercial de Nova Iguaçu ganhe mais 40 câmeras de vigilância. Atualmente, a região já conta com cinco equipamentos, que giram em 360 graus, filmam e gravam tudo em um raio de quase um quilômetro.

As imagens serão acompanhadas no Centro de Comando e Controle, que funcionará em um prédio em Nova Iguaçu. Um representante da PM, do Corpo de Bombeiros, da Ordem Pública, da Polícia Federal e da Secretaria de Trânsito devem acompanhar o dia a dia da cidade através das câmeras.

“Vamos criar o Centro de Comando no primeiro semestre do ano que vem. A ideia é ter um Big Brother na área central da cidade e monitorar também alguns bairros, que ainda serão definidos. Dará mais sensação de segurança”, acredita Luis Antunes, que vai modificar o horário de trabalho de vendedores ambulantes, de 19h para 20h às 8h neste mês. “Também vamos combater a poluição sonora no Calçadão”, avisou.

Últimas de Rio De Janeiro