Paulo Melo pede votos a deputados para candidatura ao TCE

A tentativa de ficar na presidência da Alerj esbarrou na decisão de Jorge Picciani de entrar na disputa pelo cargo

Por O Dia

Rio - Paulo Melo (PMDB) parece ter desistido de tentar a reeleição para a presidência da Assembleia Legislativa (Alerj). No fim de semana, ele telefonou para deputados estaduais pedindo votos para sua candidatura a conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

No ano passado, Melo revelou o desejo de ir para o TCE, mas, depois, resolveu renovar seu mandato de deputado. A tentativa de ficar na presidência da Alerj esbarrou na decisão de Jorge Picciani, também do PMDB, de entrar na disputa pelo cargo.

Idas e vindas

Melo vinha dizendo que não aceitaria trocar a presidência pela garantia de eleição para o TCE — os conselheiros são escolhidos pelos deputados. Mas o apoio do PR e do PRB à candidatura de Picciani desequilibrou o jogo.

Retaliação

Melo enfrenta agora a resistência do grupo de Picciani, que, como o Informe revelou, não se conforma por ser sido obrigado a ceder um cargo na Mesa da Alerj para o PR em troca de seu apoio. Esses políticos articulam uma candidatura própria ao TCE: têm sido citados os nomes dos deputados Domingos Brazão e Edson Albertassi.

O Picciani de Paes

Convidado para a Secretaria Municipal de Transportes, o deputado Rafael Picciani se reuniu ontem com Eduardo Paes.

Testemunhos

Filhos e netos de mortos e presos pela ditadura falarão amanhã, na Uerj, de suas experiências durante os anos de chumbo. O evento é promovido pela Comissão da Verdade do Rio com o projeto Clínicas do Testemunho.

Para todos

A Alerj aprovou projeto de Bernardo Rossi que determina a instalação em praças de brinquedos para pessoas com deficiência e equipamentos para idosos.

Últimas de Rio De Janeiro