Eduardo Paes compara derrubada da Perimetral à queda do Muro de Berlim

Prefeito fez declaração durante anúncio das festividades de comemoração dos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro

Por O Dia

Rio - O prefeito Eduardo Paes anunciou nesta sexta-feira, no Palácio da Cidade, em Botafogo, na Zona Sul, o calendário de comemorações dos 450 anos do Rio de Janeiro em 2015. Durante a solenidade, Paes defendeu uma das principais alterações urbanísticas promovidas por sua gestão, a derrubada do Elevado da Perimetral. O prefeito comparou a demolição do elevado à queda do Muro de Berlim, que reunificou a Alemanha. 

"A Perimetral era como o Muro de Berlim, que separava a cidade da sua razão de existir que é a Baía de Guanabara", disse o prefeito. "Foi ali no porto que o Rio de Janeiro começou, o encontro da cidade com a sua história. As pessoas estão entendendo que essas obras (de revitalização da Zona Portuária) são para melhorar a cidade, para reencontrar a história do Rio", completou Paes.

Segundo o Comitê Rio 450 anos, serão mais de 200 eventos divididos em seis categorias: Artes, Esportes, Seminários, Presentes, Músicas e Festivais. No primeiro semestre de 2015, será inaugurado o Pavilhão Rio 450 anos que contará com uma exposição interativa sobre a história da cidade, além de mostras sobre personalidades e fatos relevantes do Rio. 

Paes%2C ao lado do presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro%2C Rubens Lopes%2C apresenta a bola que será usada no Carioca%2C em 2015%2C alusiva aos 450 anos da cidadeFabio Gonçalves / Agência O Dia

Durante a cerimônia, foram assinados dois convênios. Um deles com o Instituto Brasileiro de Museus, que cria o Passaporte dos Museus Cariocas para estimular a ida do carioca aos espaços, e outro com a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro.  O passaporte será distribuído no Museu de Arte do Rio e em outros lugares a serem definidos e contará com um circuito de 40 centros culturais.

Na área esportiva, o vencedor do Campeonato Carioca de Futebol irá ganhar o troféu Rio 450 anos. Na cerimônia, foi apresentada a bola alusiva ao aniversário da cidade. Paes brincou com os jornalistas dizendo esperar que o Vasco da Gama, time do coração do prefeito, ganhe o título de 2015. "Eu não vou sair da prefeitura sem ver o Vasco ganhar a taça dos 450 anos e a Portela sendo campeã homenageando o Rio". Os eventos-teste para os Jogos Rio 2016 também farão parte do calendário comemorativo.

A população será convidada a recontar a história da cidade através do projeto Memória Carioca que vai estimular que os moradores do Rio abram suas gavetas e caixas de recordações em busca de fotos, documentos e artefatos sobre a cidade.

Ao longo de 2015, será lançada uma coleção de livros com quase 70 títulos sobre os mais diversos aspectos da história e da cultura carioca. Entre as obras há republicações de raridades, como A Muito Leal e Heróica Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, e novos títulos de pesquisadores e historiadores renomados.




Últimas de Rio De Janeiro