Por thiago.antunes

Rio - Segurança reforçada e uso de equipamentos de última geração para garantir que tudo saia perfeito no Réveillon mais famoso do mundo. A abertura da festa dos 450 anos do Rio, na Praia de Copacabana, será monitorada por 1.729 policiais militares. Em todo o estado, a Operação da Virada contará com 15.441 PMs — efetivo 25% maior do que em 2013. A novidade será um Centro de Controle e Comando Móvel, na altura da Avenida Princesa Isabel, equipado com câmera térmica capaz de detectar armas de fogo na multidão. As imagens serão enviadas em tempo real por três helicópteros que vão monitorar o público.

O Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) terá 65 policiais para atender estrangeiros em seis idiomas, inclusive mandarim. Na estação do metrô Arcoverde, o Batalhão de Ações com Cães terá oito policiais e seis animais. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) estará de prontidão. As áreas de UPPs receberão mais 1.325 agentes. Nas rodovias, 78 PMs reforçarão o efetivo, e, nas vias especiais, serão 68. O Batalhão de Choque (BPChq) ficará nos 29 pontos de bloqueio com 80 homens e próximos aos palcos.

Clique na imagem para ampliar o infográficoArte%3A O Dia

Além das viaturas, o policiamento será realizado a pé, com motos e a cavalo. De amanhã e até domingo, começa a Operação Praia com 1.354 homens na orla, de Ipanema ao Recreio. O Comando da Corporação suspendeu férias dos agentes e convocou os da área administrativa. “A Polícia do Rio se capacitou em grandes eventos, como a Copa do Mundo”, disse o coronel Lima Freire, chefe do Estado-Maior da PM.

Nesta segunda-feira, a Capitania dos Portos e o Corpo de Bombeiros vistoriaram as 11 balsas que farão o colorido de fogos nos céus para dois milhões de pessoas que irão celebrar a chegada de 2015. Serão 34 mil bombas, somando 24 toneladas de fogos produzidos por empresa espanhola que já fez eventos em Paris e no Qatar.

A Capitania dos Portos separou as balsas das 270 embarcações de turistas e cariocas que assistirão ao espetáculo no mar. Durante 16 minutos de queima surgirá nos céus, em dois momentos, a inscrição “Rio 450”, uma homenagem ao aniversário da cidade em janeiro. “A festa tem um gostinho especial.É a abertura do calendário comemorativo do aniversário do Rio”, diz osecretário de Turismo, Antônio Pedro de Mello.

O Centro de Controle e Comando Móvel receberá imagens em tempo real de helicópteros%3A armas no alvoDivulgação

Fiéis de Iemanjá fazem procissão de Madureira a Copacabana

Cerca de cinco mil devotos de Iemanjá peregrinaram de Madureira até Copacabana para saudar a Rainha do Mar e agradecer pelas graças concedidas na tarde desta segunda-feira. O ato, repetido há 12 anos, é uma forma que comerciantes e frequentadores do Mercadão de Madureira encontraram para agradecer a entidade pelas bênçãos recebidas.

“Eu venho para agradecer pela reabertura do Mercadão após o incêndio em 2000. Achamos que não íamos conseguir nosso espaço bonito novamente”, conta Guaracy Coutinho, proprietário da loja Cantinho do Boiadeiro e um dos organizadores da ação. “ No fim Iemanjá nos concedeu um Mercadão muito melhor do que poderíamos sonhar.”

Cerca de 40 barquinhos, cheios de oferendas, foram colocados nas águas por volta das 19h. Entre os itens favoritos dos devotos estavam maquiagens, pentes e adornos. “Tudo para deixá-la ainda mais bonita”, diz Guaracy.

Trânsito com esquema especial

Quem andar pela Zona Sul do Rio a partir desta terça-feira precisará ficar atento às mudanças no trânsito que estão entrando em vigor. Nossa Senhora de Copacabana, Raul Pompéia, Gustavo Sampaio, Barata Ribeiro, Prudente de Morais, entre outras outras vias, estarão com estacionamento proibido.

Nesta quarta será a vez de a Avenida Atlântica ter seu fluxo interrompido. A partir das 18h, haverá fechamento externo dos acessos a Ipanema, Lagoa (Corte de Cantagalo), Túnel Velho e Enseada de Botafogo, exceto para ônibus de linhas regulares, táxis e veículos com cartão ‘trânsito livre’. Das 22h do dia 31 às 5h do dia 1º o trânsito será completamente interditado.

Você pode gostar