Secretário de Pezão faz 'romaria' por Brasília em busca de financiamentos

Osorio esteve nos ministérios dos Transportes e dos Portos reivindicando a realização de obras e apresentando propostas

Por O Dia

Rio - Secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osorio incorporou o São Pidão — santo predileto do governador Pezão — e despejou pedidos em Brasília.

No Ministério dos Transportes, reivindicou a duplicação da Rio-Santos até a divisa com São Paulo. A obra, de acordo com o que foi avaliado na reunião, seria viável se tocada pela iniciativa privada, que passaria a administrar o trecho.

No Ministério dos Portos, Osorio apresentou propostas, orçadas em R$ 250 milhões, de melhoria de acesso ao Porto do Rio. Uma delas é a construção de mergulhão exclusivo para caminhões que se dirigem à área portuária.

Ligação direta
O mergulhão evitaria a concentração de veículos pesados na altura do prédio do Into. O tour foi concluído no Ministério das Cidades, onde o secretário reivindicou obras que acabem com as passagens de nível nas linhas da SuperVia.

Coração de pai
Jorge Picciani, presidente da Assembleia Legislativa, ficou feliz da vida com a atuação de Eduardo Paes na eleição de Leonardo, seu filho, para líder do PMDB na Câmara dos Deputados. Tem gente achando que isso facilitará um acordo na escolha do candidato do partido para prefeito do Rio: Leonardo disputa a indicação com Pedro Paulo Carvalho, sugerido por Paes.

Estação Suíça
Com base em dados apurados pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, o repórter Rafael Marques de Morais, do site Maka Angola, publicou que o empresário Jacob Barata chegou a ter US$ 95,2 milhões depositados no HSBC suíço. Por meio de sua assessoria, Barata negou a informação.

CPIs
Líder do PSDB, o deputado Luiz Paulo vai presidir a CPI da Petrobras na Assembleia Legislativa. A dedicada à crise hídrica ficou com Edson Albertassi.

Últimas de Rio De Janeiro