Torcedores atiram pedra em trem e invadem estação da Supervia

Casos ocorreram próximo à estação Silva Freire e em Marechal Hermes, onde os membros de torcidas pularam catracas

Por O Dia

Rio - Um torcedor uniformizado, que estava em uma composição com destino à estação Maracanã, próximo à estação Silva Freire, atirou uma pedra em direção a um trem utilizado para serviços de manutenção. Com o impacto, o para-brisa do veículo quebrou e a pedra atingiu o condutor, provocando ferimentos leves.

Segundo a Supervia, às 15h, torcedores que também seguiam para o estádio do Maracanã invadiram a estação Marechal Hermes (ramal Deodoro), pulando catracas e muros. Por volta das 20h30, após um tumulto entre torcidas em Madureira, cerca de 100 membros de torcida organizada também pularam as catracas para acessar a estação ferroviária do bairro.

Por alguns minutos, eles impediram que uma composição prosseguisse viagem com destino a Santa Cruz, sendo necessário o apoio de policiais do GPFer (Grupamento de Policiamento Ferroviário) e do Gepe (Grupamento Especial de Patrulhamento em Estádios) para restabelecer a ordem no local.

De acordo com a concessionária, desde o início deste ano, 23 trens de passageiros já tiveram os vidros das cabines de maquinistas integralmente substituídos. Só em 2014, a concessionária realizou esse tipo de reparo em 117 trens. Mais de 40% dos casos registrados ano passado foram em composições novas.

A Supervia afirma ainda que em dias de jogos com maior movimento de torcedores conta com o apoio do GPFer e Gepe, que fazem o acompanhamento das torcidas organizadas visando garantir a segurança dos passageiros e de integrantes da concessionária. 

Últimas de Rio De Janeiro