Região Metropolitana tem três mortes de policiais militares no fim de semana

O militar Diego Moutinho da Silva foi assassinado no final da noite deste domingo na favela da Chatuba, em Mesquita

Por O Dia

Diego Moutinho da Silva Maia%2C 29%2C morreu ser baleado em um bar da favela da Chatuba%2C em MesquitaReprodução

Rio - No final da noite deste domingo, subiu para três o número de policiais militares mortos na Região Metropolitana do Rio, neste fim de semana. Lotado no 39º BPM (Belford Roxo), Diego Moutinho da Silva Maia, de 29 anos, morreu após ter sido baleado em um bar, na Rua Marquês Canário, na favela da Chatuba, em Mesquita, município da Baixada Fluminense.

Quatro homens armados chegaram e abordaram o PM, que bebia com amigos no local. O tiro acertou a cabeça do militar. Ele foi levado às pressas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ricardo de Albuquerque, mas não resistiu aos ferimentos. Além deles, outros dois policiais militares foram mortos e mais cinco ficaram feridos, em serviço, entre sábado e domingo, elevando para 56 o número de policiais baleados neste ano e para 16 o número de mortes de militares.

Na tarde desta segunda-feira, às 14h, o corpo de Marcelo Sales de Oliveira, sargento da Polícia Militar que morreu após ser baleado, na madrugada de domingo, próximo ao Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, Zona Norte do Rio. O corpo do militar chegou ao Cemitério Parque Jardim de Mesquita, o Jardim da Saudade, nesta manhã.

Leia mais:

Dois policiais militares são mortos em menos de 24 horas no Rio

Corpo de PM morto no Juramento será enterrado na tarde desta segunda-feira


Últimas de Rio De Janeiro